Tranquilidade e tireoide saudável: os efeitos do Viparita-Karani

foice destque

Os diferentes asanas, posturas do yoga, possuem diversas funções terapêuticas. O mestre Hermógenes, um dos nomes que difundiu no ocidente o yoga como tratamento para algumas doenças, possui dois livros excelentes sobre a relação da prática com as disfunções do organismo.

Nos livros “Autoperfeição com Hata Yoga” e “Yoga para Nervosos”, Hermógenes não só explica qual asana serve para cada problema, como defende que todos nós podemos (e devemos) fazer yoga, com um professor, ou em casa com auxílio de vídeo aulas ou livros.

Porém, cuidado!! O yoga possui posturas para todos os níveis de prática: iniciante, médio e avançado. Se você nunca praticou, não se arrisque para não se lesionar. Procure um professor ou faça apenas os asanas mais simples.

Hoje vamos falar dos efeitos do “Viparita-Karani” ou “Pose da Foice”. Sua execução é fácil, por isso, iniciantes podem se aventurar. Porém,  como se trata de uma postura invertida, alguns especialistas não a indicam para mulheres durante o período menstrual.

É bom para: problemas na tireoide, bócio, revitaliza os traços faciais, previne contra amigdalites e secreção nas vias respiratórias.
Efeitos psíquicos: segurança e autocontrole emocional. Tranquilidade.

Contra indicado para: portadores de hipertireoidismo e hipertensão.

foice copy

Execução: deite-se de costas, pernas unidas, olhos fechados, mãos ao lado das coxas, com as palmas assentadas no chão. Inspirando, levante lentamente as pernas (esticadas e unidas) até a vertical. Começando a expirar, a partir daí, com a força dos braços e apoiando-se nos cotovelos, erga os quadris, preocupando-se em não desfazer o ângulo reto, formado pelas pernas e tronco. Faça assim até que os pés ultrapassem um  pouco a cabeça. Mantenha a posição com a ajuda dos cotovelos e das mãos, apoiados no solo e na região pélvica posterior. Respire livremente. Mantenha a posição até que sinta os primeiros sinais de cansaço. Desfaça-a procedendo de maneira inversa. Relaxe.

Este texto foi retirado do livro “Autoperfeição com Hata Yoga”, de Hermógenes. Um asana é melhor aproveitado quando faz parte de uma série ou sequência elaborada de asanas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>