O fantástico mundo do supermercado

vendas-supermercado

Há algum tempo, minhas idas aos supermercados diminuíram drasticamente. Isso foi acontecendo gradativamente, à medida que passei a ler os ingredientes dos produtos que comprava. Atualmente, faço as compras principais para minha casa em uma quitanda de orgânicos da cidade onde moro, e vou ao mercado apenas nos momentos de emergência. Foi numa destas idas emergenciais, para comprar tapioca, que decidi parar e ler atentamente os rótulos de alguns produtos que dão a ideia de “saudáveis” ou “naturais”.

O que me fez decidir escrever este texto foi uma bela moça, muito simpática, que eu atrapalhava ao olhar escandalizada as margarinas com rótulos sugestivos de saúde. Ela carregava um bebê lindo no colo e optava pelo peito de peru “light” e a margarina “amiga do coração”. Aquilo me entristeceu. Está claro que ela tem a intenção de cuidar da saúde, pois, senão, escolheria pela mortadela ou presunto e qualquer outra margarina que não se diz amiguinha.

mercado

Porém, será que ela sabe que o peito de peru, mesmo “light”, contém glutamato monossódico, o famoso realçador de sabor que, segundo pesquisas, poderia provocar distúrbios gástricos e intoxicação? Será que ela sabe que não deve confiar tanto na amizade entre a margarina e seu coração, porque a pasta é feita a base de óleos vegetais interesterificados? Esses óleos vieram como alternativa à gordura trans, porém, são feitos com óleos vegetais hidrogenados, muito maléficos para as artérias. Será que ela sabe disso?

Como pode a legislação permitir que uma margarina que contém gordura vegetal possua em seu rótulo o dizer “amigo do coração”? Meu pai tem sete pontes de safena e cinco stents. Ele já consumiu esse tipo de margarina por acreditar que estava cuidando das poucas artérias saudáveis que lhe restam. Segundo o cirurgião especializado em cardiologia Lundell Dwight, autor do livro “A Cura para a Doença Cardíaca e A Grande Mentira do Colesterol”, a verdadeira causa da doença cardíaca é a inflamação do organismo. De acordo com Dwight, entre os maiores culpados da inflamação crônica está o excesso de consumo de óleos vegetais como soja, milho e girassol, encontrados em muitos alimentos processados (leia mais em A verdade sobre o colesterol).

Bom, o resultado desta minha assustadora visita ao mercado não foi positiva. O ingrediente que eu mais vi nos produtos industrializados, pretendendo ser saudáveis ou não, foi a gordura vegetal. Pouquíssimos eram os produtos que se diziam saudáveis e realmente eram. Fiquei muito impressionada e comecei a olhar para os carrinhos de compras. Vi que muitas pessoas estão buscando melhorar a alimentação com o consumo destes produtos que se dizem saudáveis, porém eu concluí que isso será bem difícil de realizar no mercado.

Agora, vamos ao resultado da minha pesquisa.

reguladoresIogurte de morango que promete seu intestino funcionado perfeitamente ou seu dinheiro de volta
Possui os dois adoçantes mais polêmicos da história: aspartame, que de acordo com pesquisas causaria câncer, e o ciclamato, proibido nos Estados Unidos. Saiba mais sobre os adoçantes em Adoçar ou não, eis a questão.

 

margarinaMargarina amiga do seu coração
Possui óleos vegetais interesterificados. Um estudo publicado na revista Nutrition & Metabolism concluiu que a gordura interesterificada aumentou a taxa de glicose, diminuindo a produção de insulina, predispondo a pessoa a um risco maior de desenvolver diabetes e reduziu os níveis do bom colesterol (HDL).

 


tickrocBiscoitinho que promete deixar seu dia mais saudável e se diz integral
Primeiro ingrediente é a farinha refinada, depois a integral, ou seja, não é um alimento integral, é um alimento a base de farinha refinada, com um pouco de farinha integral, pois a ordem dos ingredientes é decrescente por quantidade.

Além disso, o produto contém glúten adicionado, além daquele natural encontrado na farinha de trigo. Todos sabem das dúvidas acerca do impacto do consumo de glúten na saúde. Para saber mais acesse: Porque viver sem glúten?, Os males ocultos do glúten na saúde da mulher, Más notícias sobre o glúten.

O produto contem também gordura vegetal, que seria maléfica para a saúde das artérias. Leia mais em A verdade sobre o colesterol

canjaoUma super canja com mais arroz e ingredientes naturais
Você coloca amido, maltodextrina, farinha de trigo refinada, glutamato monossódico, antiumectante dióxido de silício na canja que faz em casa? Acho que não. Pois é, essa aí que sugere ter muitos ingredientes naturais, possui muitos ingredientes químicos também. O glutamato monossódico, que já mencionei lá em cima, teria também alto teor alergênico.

 

equilibrioBiscotinho com nome que sugere equilíbrio
Além da farinha de trigo refinada, que já é bem criticada por não possuir nutrientes e apenas dar trabalho para digerir, o biscotinho equilibrado tem óleo vegetal de girassol, o já citado glutamato monossódico, açúcar, corante caramelo, que pesquisas afirmam que causaria câncer e alimentos tratados por processo de irradiação. Uma pausa para explicar o que é essa irradiação.

[cons]

  • A irradiação é um processo de tratamento no qual os alimentos são submetidos a radiações ionizantes com a finalidade de reduzir a carga microbiana e/ou inibir a deterioração natural das matérias-primas, prolongando sua vida de prateleira. Ou seja, o alimento dura mais tempo. Não existem pesquisas que comprovam que o processo de irradiação de alimentos é prejudicial, mas também não existem pesquisas que comprovam que não faz mal. Na minha opinião, comer algo que teve o seu ciclo orgânico alterado para não estragar no tempo que lhe é natural não deve ser coisa muito boa.

[/cons]

nanLeite recomendado para bebes recém nascidos, de 0 a 6 meses
Esse foi o produto que mais me impressionou. Não vou entrar em detalhes da composição completa do produto, apenas vou falar de um ingrediente: óleo de canola. O polêmico óleo, vendido como uma opção segura pela indústria, não seria tao seguro assim, por ser geneticamente modificado e alvo de pesquisas que indicam sua relação com problemas arteriais e outras disfunções do organismo . Clique aqui e leia o artigo “The Great Con-ola”, que fala sobre a história do óleo de canola e pesquisas científicas relacionadas.

fitBiscoito que tem a palavra “fit” no nome e ‘integral” na embalagem
Tem mais farinha refinada que integral e também tem gordura vegetal.

 

 

piraqueBolacha de água e sal light
Feita com farinha refinada e gordura vegetal. A farinha refinada não tem nenhum nutriente, só dá trabalho para digerir e não alimenta. Já a gordura vegetal seria prejudicial a saúde das artérias.

 

 

 

 

Daniele Barbosa – Editora do Portal Estar Bem
daniele.barbosa@gmail.com 

16 Comments

  1. Giovanna G

    Daniela, muito bacana sua matéria. Fiquei bem assustada oa ler o artigo revelando o veneno por traz do oleo de canola! seráq eu isso vai vir a tona para a grande massa?? voce recomenda cozinhar com qual óleo ou azeite? parabens pelo seu trabalho!

    • Portal Estar Bem

      Oi Giovanna!
      Essa questão do óleo de canola realmente ainda não alcançou um número grande de pessoas e talvez nunca alcance, porque seria economicamente desastroso para a indústria. Infelizmente a saúde é muitas vezes submetida aos interesses econômicos. Sobre o que usar para cozinhar eu simplesmente não uso óleos vegetais. Quando o preparo necessita de gordura, uso manteiga ou ghee (manteiga clarificada indiana). Costumo não aquecer o azeite também para não correr o risco de transformá-lo em gordura prejudicial. Apesar da história da canola ser assustadora, os outros óleos vegetais também não são muito indicados de acordo com alguns médicos. Para você entender melhor, acessa o link http://portalestarbem.com.br/2013/02/05/colesterol-alto-nunca-fez-mal-garantem-medicos/

      Espero ter auxiliado!

      Um abraço,
      Daniele

  2. Mto boa a matéria! Mas gente, oq comeremos então? Se formos olhar tudo na integra, não comemos nada… Eu gostaria mto de poder fazer meus próprios alimentos, c produtos orgânicos e tal, mas é impossível nessa vida corrida q levamos… Mto triste

    • Portal Estar Bem

      Bruna, entendo sua aflição, mas ao mesmo tempo penso que alimentar-se bem é muito mais fácil do que nos fazem acreditar. Frutas, verduras, legumes são tão fáceis de preparar. Saladas podem ser consumidas cruas. As frutas então, podemos levar na bolsa, assim como vários tipos de castanhas! É que quando vamos aos mercados, somos bombardeados de publicidade de diversos produtos – gostosos e interessantes, mas nem sempre saudáveis – que somos levados a pensar que é mais prático, rápido e fácil consumi-los. Comer bem e com qualidade é fácil e barato, eu garanto!!

      Um abraço,
      Daniele

    • Caroline Gallo

      Bruna, eu estudo nutrição e entendo o quão difícil pode parecer nos tempos de hoje se alimentar corretamente.
      Mas a mudança é de dentro para fora! Com o tempo você aprende a fazer escolhas mais saudáveis e gostosas e perde a ‘vontade’ de comer certos alimentos.. tudo depende de criar a consciência.
      E tem a questão do quanto sua saúde e bem estar são prioridades na sua vida.. às vezes vale a pena deixar de gastar em alimentos prontos para comprar um orgânico e preparar sua comidinha..

      Bjs!

  3. ÁBIA NUNES

    Boa noite, fico feliz por todas as pessoas que estão enchergando muitas verdades a respeito da nossa alimentação inclusive cosméticos que só nos envenenam aos poucos. eu cinto na oele o desespero que dá quando va,os ao supermercado, perfumaria, feiras etcs. por enquanto ainda está dificil acharmos os produtos orgânicos e naturais de verdade por exemplo percebo que as pessoas estão procurando se alimentar mais de frutas e legumes que por sinal é o ideal mas só que estão cheioas de agrotóxicos então temos que procurar as frutas e legumes e verduras orgânicas sem agrotóxicos. onde moro não tem nenhum lugar perto com uma feira de orgânicos mas mesmo assim pego metrô e ônibus e uma sacola bem reforçada e vou aonde encontro orgânicos, pago bem mais caro mas no final acaba saindo barato por serem saudáveis e fresquinhos e ao invés de tomar sucos comprados faço suco em casa que não toma tanto tempo assim e sai mais barato e adoço só com açúcar orgânico, mascavo, melado de cana enfim açúcar branco que é um veneno não entra aqui em casa, desculpe me empolguei mas foi mais um desabafo e gosto de dar minha opinião e receber também principalmente quando se trata de nossa saúde em geral.grata

  4. Luciane Aparecida de Freitas Ortega

    Minha preocupação é o que colocar no pão dos meus filhos, fiquei mais preocupada, eu tento melhorar a alimentação da família pensando que os produtos são os melhores e deparo com informações péssimas. O que fazer? E uma loucura!!!!

    • Portal Estar Bem

      Oi, Luciane! Minha dica é: busque uma alimentação natural, orgânica e simples! Não tem mistério.
      Um abraço,
      Daniele

  5. SENSACIONAL SEU ARTIGO, VOCÊ MANDOU BEM DEMAIS AO FALAR SOBRE GLUTAMATO MONOSSDÓDICO, ÓLEO DE CANOLA , ASPARTAME, E OUTROS VENENOS VENDIDOS COMO CAPAZES DE PROMOVER SAÚDE E BEM ESTAR. SE EU TE CONHECESSE, TE DARIA UM BEIJO NAS MÃOS, ARTIGO MARAVILHOSO!

  6. Muito bom este artigo ,mas não sei como preparar um lanche saudável para meus filhos, poderia me ajudar com alguma receita ?

    • Portal Estar Bem

      Oi, Malu!
      Estou prepararando um post com dicas e receitas de lanches e café da manhã saudáveis! Mas posso te adiantar que não tem segredo: frutas, iogurte natural, castanhas, tapioca com manteiga, ovo caipira mexido, sucos verde (o meu preferido é de laranja com couve e cenoura)….tem muitas opções! Abasteça sua casa de coisas saudáveis e depois use a criatividade!!! Acompanhe o portal que em breve vou publicar algumas receitas específicas!

  7. Só acho que essas matérias não dão alternativas. Demonizam os produtos mas nao sugerem nada! E aí?

    • Portal Estar Bem

      Oi, Jordana!
      Te convido a acessar a sessão “Dicas e Receitas”, lá tem um tanto de alternativas sim. Inclusive, logo após escrever este post, eu escrevi outro chamado “O que sobrou para comer”, falando justamente sobre como faço para me alimentar e alimentar a minha família de forma saudável. O portal não se resume apenas a uma matéria, experimente ler os outros posts.

      Obrigada por acessar o site e por seu comentário.

      Atenciosamente,
      Daniele

  8. Fique muito feliz em encontrar o seu blog, você encara os alimentos como eu, não como nada sem ler o rótulo, sou conhecido como o “chato da família”, e tenho muito orgulho de ser esse chato, e já conseguir fazer com que eles mudem significativamente os hábitos alimentares deles, explicando todos os males que eles causam a si mesmos.

    • Portal Estar Bem

      Oi, Joel! Que bom que você gostou do Estar Bem!!
      Estamos juntos nessa caminhada!

      Um abraço,
      Dani

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>