Yoga pode ajudar a diminuir a dor lombar crônica

Yoga-Pose-at-Sun-Rise

As condições da vida moderna submetem o corpo a uma rotina quase que desumana. Muitas pessoas permanecem sentadas horas a fio durante um dia de trabalho. A dor na coluna é então praticamente inevitável. A prática de exercícios de alongamento, como pilates e RPG são indicados por especialistas, que muitas vezes esquecem do poder do yoga como tratamento para tratar essas dores.

Recentemente, um estudo publicado no Spine Journal, revista científica da Sociedade Norte Americana de Coluna, revelou que pessoas com dor lombar crônica que praticam yoga conseguem aliviar os sintomas da doença e melhorar sua qualidade de vida, diminuindo os custos médicos com o tratamento para o problema.

Segundo os pesquisadores da Universidade de York, no Reino Unido, cerca de 300 pacientes que sofrem com dores crônicas nas costas que participaram de um programa de yoga por 12 semanas conseguiram aliviar os sintomas desagradáveis da doença, diminuir os custos médicos com o próprio tratamento e ainda reduziram o número de faltas ao trabalho. Os resultados dos participantes foram comparados com a avaliação de outro grupo de pacientes que não participou do programa e apenas recebeu cuidados médicos padrões, como fisioterapia e uso de analgésicos.

“É muito interessante saber que a yoga pode auxiliar as pessoas a gerirem melhor a sua dor nas costas, reduzindo, inclusive, o número de dias doentes, afastados do trabalho. A prática é mais uma opção para as pessoas que estão lutando para controlar sua condição de dor crônica, o que reforça as medidas de autogestão da doença”, afirma o neurocirurgião Cezar Augusto Oliveira, especialista em coluna.

Um estudo anterior, publicado no Archives of Internal Medicine, já havia demonstrado que tanto a yoga, quanto o alongamento auxiliam no alívio da dor crônica das costas, sendo muito mais eficazes do que apenas os cuidados médicos padrões.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>