Criança e alergias: o equilíbrio na infância pelo ayurveda

111014_f_068

Crianças e alergias respiratórias. Essa relação é muito comum e na visão da medicina ayurvédica é também muito justificável. Para falar de prevenção e tratamento, é preciso entender primeiro porque as crianças sofrem tanto com o muco, a secreção alérgica.

Durante sua vida, o homem, além de seus doshas, passa por três fases onde predomina primeiro Kapha, na infância, Pitta na idade jovem/adulta e Vata a partir dos 60 anos, em média. Kapha é o dosha que forma tecido e é por isso que as crianças possuem predominância dele, pois estão em fase de crescimento, formando tecido ósseo, muscular.

De fato, essa força Kapha que impulsiona o crescimento e a formação estrutural do indivíduo, quando em desequilíbrio, pode causar muco em excesso. Essa tendência somada aos hábitos alimentares das crianças de hoje em dia é a fórmula perfeita para o aparecimento das alergias respiratórias.

Entendamos mais um conceito básico do ayurveda: semelhante aumenta semelhante. O dosha Kapha é úmido, pesado, frio, denso, pegajoso. Agora pare para observar o que comem as crianças. O trigo refinado é quase que uma ditadura e possui atributos que aumentam o dosha kapha e praticamente sem teor nutricional. O leite também aumenta kapha, assim como doces, o sabor preferido das crianças. Porém é preciso respeitar esse momento da vida e realmente ingerir alimentos que vão colaborar com a formação estrutural da pessoa.

Usando o bom senso, os biscoitos, pães e comidas práticas e industrializadas, feitas para as crianças levarem para escola, quase sempre possuem valor nutricional baixo. Ou seja, contribui para o desequilíbrio de kapha, sem auxiliar no crescimento saudável. Portanto, basta uma reavaliação do teor nutricional do que você dá para o seu filho e isso já é “meio caminho andado”.

Agora existem crianças que realmente possuem problemas crônicos, para esses casos o ayurveda lança mão de “truques” que reduzem o muco, sem prejudicar o desenvolvimento dos pequenos. Mel; leite fervido com um pouco de água e ingerido sempre em temperatura morna; uso de alguns temperos na alimentação, porém sem exagero; o uso do nasya – aplicação de óleos medicados no nariz -, entre tantas outras alternativas.

O dosha Kapha está também ligado ao afeto e a amorosidade. Além de ser fisicamente prejudicial reduzi-lo na infância, essa tentativa pode prejudicar emocionalmente a criança, que necessita de amor e cuidado. Portanto a melhor solução é ficar de olho na qualidade nutricional do alimento que a criança ingere, para contribuir com um crescimento saudável e livre das alergias.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>